Presos fogem de cadeia  e ateiam fogo em canavial para tentar despistar policiais

Presos fogem de cadeia e ateiam fogo em canavial para tentar despistar policiais
bem informado

Dois detentos conseguiram fugir enquanto eram levados do pátio para as celas. Na fuga, eles conseguiram roubar um carro, mas atolaram o veículo e continuaram a pé.

Dois detentos da Cadeia Pública de Campo Novo do Parecis, atearam fogo em um canavial para despistar policiais após fugirem da unidade nesta quinta-feira (6). Uma equipe com um caminhão tanque carregado com água tenta conter as chamas no local, que fica às margens da MT-235. Até a publicação desta reportagem os detentos ainda não haviam sido localizados.O diretor da unidade prisional, Edivano Trindade de Souza, contou que os detentos conseguiram fugir enquanto eram levados do pátio para as celas.”Os presos aproveitaram a movimentação e correram para a área externa. Eles pularam o muro e conseguiram sair”, afirmou. A princípio, três detentos tentaram fugir. Um deles, porém, foi preso ao tentar pular o muro da unidade, que fica na região central. Na fuga, os detentos roubaram um carro, mas atolaram próximo de uma aldeia indígena na MT-235 e abandonaram o veículo.Para despistar os policiais, eles entraram em um canavaial e ateara fogo na plantação. De acordo com os moradores, uma fumaça preta tomou conta da região.

Segundo a Polícia Militar, equipes da Força Tática fazem buscas na região para localizar os fugitivos.Os fugitivos foram identificados como Jeferson Fonseca dos Santos e Norberto Pereira de Souza. Eles foram presos em novembro do ano passado por furto e roubo.Atualmente, segundo a direção da unidade, 166 presos estão alojados na Cadeia Pública de Campo Novo do Parecis.